Conecte-se conosco

Filmes

Shakespeare Apaixonado entrou no catálogo da Netflix

Filme levou uma enxurrada de Oscars em 1999, alguns deles questionáveis, como de melhor atriz

Planeta Flix

Publicado

em

Foto: Divulgação

Shakespeare Apaixonado, filme de John Madden (O Exótico Hotel Marigold), está disponível na Netflix desde o último dia 16. O longa de 1998 fez história por ter sido o grande azarão no Oscar do ano seguinte. Levou sete estatuetas, inclusive as de melhor filme, derrubando concorrentes poderosos: Elizabeth, O Resgate do Soldado Ryan, A Vida É Bela e o magnífico Além da Linha Vermelha.

A Festa com até 80% de desconto + Até 10% OFF em 1x no cartão!Mas, para os brasileiros em particular, injusto mesmo foi ver a insossa Gwyneth Paltrow levar o prêmio de melhor atriz, vencendo Fernanda Montenegro em Central do Brasil. Dá raiva até de lembrar, ainda mais porque, além de Fernanda, disputavam na categoria Meryl Streep (Um Amor Verdadeiro), Cate Blanchett (Elizabeth) e Emily Watson (Hilary e Jackie), todas sem sombra de dúvidas em trabalhos muito melhores que o de Paltrow.

Mas, enfim, Shakespeare Apaixonado tem lá suas qualidades (os também oscarizados direção de arte e figurino, por exemplo) e uma história cativante em torno de um jovem Shakespeare (Joseph Fiennes), que é forçado a encenar sua mais nova comédia antes mesmo de ter começado a escrevê-la– tomado por um bloqueio criativo.

No meio desse caos ele conhece Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow), uma moça que sonha em ser atriz. Mas naquele século 16, somente os homens subiam ao palco e, para driblar a regra, Viola se disfarça de homem e começa a ensaiar o texto, sem saber que a família dela lhe arranjou um casamento com Lorde Wessex (Colin Firth).

Filmes

Michael Haneke ganha retrospectiva no Mubi

Plataforma exibe oito filmes do diretor austríaco, incluindo Violência Gratuita (foto) e A Fita Branca

Planeta Flix

Publicado

em

Foto: Divulgação

O Mubi programou para este mês uma mostra de filmes do diretor austríaco Michael Haneke, incluindo sua obra de estreia O Sétimo Continente (1989), que narra a história real de uma família austríaca de classe média que cometeu suicídio. Quem tiver interesse, bom correr porque esse só fica disponível por mais cinco dias.

A seleção Foco em Michael Haneke reúne, além de O Sétimo ContinenteO Vídeo de Benny (1992), 71 Fragmentos de uma Cronologia do Acaso (1994), O Castelo (1997), Violência Gratuita (1997) — obra o perturbadora, que o tornou mais conhecido pelas banda de cá –, O Tempo do Lobo (2003), Caché (2005) e A Fita Branca (2009).

Continue lendo

Filmes

O Declínio do Império Americano está no Prime Vídeo

Clássico do cinema canadense, filme de Dennys Arcand teve continuação em As Invasões Bárbaras

Planeta Flix

Publicado

em

O Declínio do Império Americano, de Dennys Arcand, entrou no catálogo do Prime Vídeo. Um fato a ser comemorado por quem gosta de rever grandes obras no streaming. Lançado em 1986, O Declínio… faz uma profunda reflexão sobre a época a partir das conversas de um grupo de amigos sobre seus desejos íntimos, intelectualidade, moral, liberdade sexual, entre outros assuntos.

Outlet até 70% OFF ! Aproveitem

Dennys Arcand, que depois dirigiu filmes igualmente interessantes, como Amor e Restos Humanos (1993) e Jésus de Montréal (1989 ), retomou os personagens de O Declínio do Império Americano em 2003, no filme As Invasões Bárbaras, que se tornou um retrato de uma época tão instigante quanto o filme que o inspirou.

 

Continue lendo

Filmes

Raridade no Prime: Os Moedeiros Falsos, de Benoît Jacquot

Feito para a TV em 2010, filme é uma bela adaptação do livro homônimo, clássico do escritor André Gide

Planeta Flix

Publicado

em

Foto: Divulgação

No catálogo do Prime Vídeo, uma raridade do cinema francês: Os Moedeiros Falsos, de Benoît Jacquot. Trata-se de uma produção para TV realizada em 2010 pelo diretor veterano — de filmes como O Diário de Uma Camareira (2015) e Adeus, Minha Rainha (2012). Torna ainda mais especial o fato de ser uma adaptação do livro clássico de André Gide (1869-1951), lançado em 1925.

Livro é na Saraiva! Todos os livros com +15% de desconto nas compras à vista a partir de R$69,90, Confira! Até 22/9

A ação se passa na Paris dos anos 1920. Numa sinopse bem superficial, é a história do adolescente Bernard (Jules-Angelo Bigarnet) descobre que é fruto de um caso extraconjugal da sua mãe e deixa a família para morar com o amigo Olivier (Maxime Berger). A nova vida o fará descobrir novos afetos, a depressão e a homossexualidade, ao mesmo tempo em que ajuda o tio Edouard (Melvil Poupaud).

Os Moedeiros Falsos, o livro,  tem um enredo emaranhado, sobrepondo a vida real e o processo de criação de um romance, o que desafiaria qualquer cineasta.  Mas Jacquot se sai bem e fez um filme que a crítica do jornal francês Le Figaro, classificou como “bonito, singular e sério”. O que de fato é. Foi feito para a TV, mas cairia muito bem na tela grande.

Continue lendo

Mais lidas

Copyright © 2018 PlanetaFlix - Um mundo inteiro para você curtir a partir do seu sofá. contato@planetaflix.com.br

error: Conteúdo protegido!