Conecte-se conosco

Filmes

Looke inclui 10 filmes de José Mojica Marins no catálogo

Seleção traz clássicos e títulos menos conhecidos, como o longa de estreia do diretor, A Sina do Aventureiro

Planeta Flix

Publicado

em

Foto: Reprodução

Dez filmes de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, estão disponíveis no serviço brasileiro de streaming Looke a partir desta quinta-feira (17/1) — todos para aluguel, a R$ 3,99. A seleção inclui clássicos, como Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver (1966) e À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1964) e também títulos menos conhecidos.

Nesses, aliás, está o aspecto mais curioso do pacote. A Sina do Aventureiro (1958), por exemplo, é uma espécie de faroeste, dirigido por um José Mojica bem jovem, aos 22 anos. Demônios e Maravilhas (1978) também trata de tema incomum no universo de Mojica, os dramas familiares e a censura sofrida durante a ditadura militar no Brasil.

americanas.com.brOs 10 longas estreiam no Looke por meio de uma parceria da plataforma com o SPCine, empresa ligada à Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, encarregada de desenvolver, financiar e implementar programas e políticas para os setores de cinema, tevê, games e novas mídias.

Confira os filmes disponíveis:

A Sina do Aventureiro (1958)
Ambientada no interior do Rio Grande do Sul, a história do bandido Jaime, que se entrega à polícia por amor a Dorinha e, quando libertado, enfrenta outro bandido, o sanguinário Xavier, que deseja vingar-se do pai de sua amada. Aos 22 anos, Mojica dirige seu primeiro longa, onde faz um papel secundário.

À Meia-Noite Levarei sua Alma (1964)
No filme, Mojica encarna pela primeira vez no cinema o personagem Zé do Caixão. Ele é um coveiro obcecado em gerar o filho perfeito. Para isso, violenta a esposa de um amigo, que considera a mulher ideal. Mas ela promete se suicidar e retornar dos mortos e levar a alma do coveiro.

Esta Noite Encarnarei no teu Cadáver (1967)
Zé do Caixão continua na busca obsessiva pela mulher superiora, capaz de gerar o filho perfeito. Para tanto, rapta seis belas moças, submetendo-as a terríveis torturas. Mas comete um crime ao assassinar uma moça grávida. E, como castigo, sofre um pesadelo no qual é levado para um inferno gelado, onde reencontra suas vítimas.

O Estranho Mundo do Zé do Caixão (1968)
Zé do Caixão apresenta três contos de horror. Em O Fabricante de Bonecas, marginais invadem a casa de um velhinho e descobrem o segredo da confecção de suas bonecas. Em Tara, pobre vendedor de balões fica obcecado por uma garota que ele segue nas ruas. Em Ideologia, excêntrico professor enfrenta um rival para provar que o instinto prevalece sobre a razão.

Jason Momoa, o Aquaman, em filme alternativo na Netflix
Minisséries brasileiras viram filmes na Globoplay

O Despertar da Besta (1969)
O psiquiatra vivido por Zé do Caixão teoriza que as perversões sexuais são causadas pelo uso de drogas. Convoca voluntários para provar sua teoria e apresenta os resultados a outros psiquiatras em um programa de televisão, sendo contestado por eles.

Finis Hominis (1971)
Um homem emerge do mar e caminha pela cidade em busca de justiça. Assumindo o nome Finis Hominis, ele é visto como um messias moderno, capaz de operar milagres. Uma mulher adúltera e um marido traído – ambos salvos por Finis – são seus maiores seguidores, ao lado de um bando de hippies.

A Estranha Hospedaria dos Prazeres (1976)
Dono de uma estranha hospedaria isolada contrata funcionários para receber hóspedes em busca de abrigo. Numa noite de tempestade, aparecem várias pessoas que na manhã seguinte descobrem a verdadeira identidade do dono da hospedaria: a Morte. Mojica divide a direção com seu discípulo Marcelo Motta.

Inferno Carnal (1977)
Mulher de um ocupado cientista se envolve com o melhor amigo do marido. O casal planeja, então, matar o marido e ficar com a fortuna dele. Aproveitando-se da distração do cientista no laboratório, a mulher joga ácido no rosto dele, desfigurando-o. Após meses hospitalizado, o homem volta para casa com um sombrio plano de vingança em mente.

Hotel Artemis, com Jodie Foster, é novidade no Prime
Série Você embaralha os clichês das histórias de atração fatal

Delírios de um Anormal (1978)
Obcecado por Zé do Caixão, um psiquiatra sonha que sua esposa é raptada por ele. Mojica aproveita para criar um verdadeiro pesadelo fazendo uma colagem de várias sequências filmadas e não aproveitadas nos filmes Esta Noite Encarnarei No Teu Cadaver, Ritual dos Sádicos e Exorcismo Negro.

Demônios e Maravilhas (1978)
Documentário autobiográfico em que José Mojica narra sua luta contra autoridades e críticos que não entenderam seu trabalho, além de expor dramas pessoais, como seu problema com alcoolismo e o episódio em que diz ter morrido por alguns minutos.

Filmes

Netflix estreia o premiado Girl, história de uma bailarina trans

Produção belga levou quatro prêmios no Festival de Cannes e foi finalista ao Globo de Ouro de filme estrangeiro

Planeta Flix

Publicado

em

Foto: Divulgação

Girl, filme belga que estreia na Netflix, traz um tema que nunca deixa de ser polêmico, o transexualismo. Inspirado em uma história real, o longa de estreia do diretor Lukas Dhont conta o drama de Lara, de 15 anos, uma adolescente aspirante a bailarina que, na verdade, nasceu menino e está em plena mudança de gênero.

O processo é doloroso, ainda mais para alguém de personalidade introspectiva como Victor (nome de batismo da personagem). Dhont narra essa transição com distanciamento, mas nunca com frieza, e o tom acertado dado à narrativa é uma das principais qualidades de Girl.

Malwee MalhasO ator também estreante Victor Polster interpreta Lara e impressiona tanto pela atuação quanto pela feminilidade natural, que dispensa maiores acessórios de caracterização. Polster é bailarino de fato. Foi descoberto pelo diretor na escola de dança que frequenta.

Mas não é só por isso que Girl merece atenção. O filme chega ao Brasil direto na Netflix depois de uma bem-sucedida carreira em festivais. A começar pelo de Cannes, onde participou na mostra Um Certo Olhar, de onde saiu com quatro prêmios.

Hotel Artemis, com Jodie Foster, é novidade no Prime
Tom na Fazenda, de Xavier Dolan, está em cartaz no Mubi

Girl levou o prêmio principal (Fipresci, dado ao melhor filme da mostra), além dos de melhor diretor (Câmara de Ouro), melhor ator e a Palma Queer (prêmio independente atribuído ao melhor filme LGBT do festival francês).  Também foi um dos finalistas ao Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro, disputou no Goya, o Oscar espanhol, e levou prêmios nos festivais de San Sebastian, Estocolmo e Zurique.

Continue lendo

Filmes

Brie Larson, a Capitã Marvel, em cinco filmes no streaming

Netflix, Prime Vídeo e Looke têm filmes com a atriz, em ascensão desde que levou o Oscar por O Quarto de Jack

Planeta Flix

Publicado

em

Foto: Divulgação

Desde 2016, Brie Larson está em evidência. Naquele ano foi premiada com o Oscar, o Globo de Ouro e o BAFTA — entre outros vários prêmios de melhor atriz — por sua atuação em O Quarto de Jack. Agora, o motivo é a exibição nos cinemas de Capitã Marvel, em que ela aparece como Carol Danvers, ou seja, a própria heroína do título.

Apesar do status de estrela de primeira grandeza adquirido nos últimos anos, Brie Larson vem batalhando desde 1998, quando começou fazendo participações em séries de pouca repercussão por aqui. Daí foram muitos curtas-metragens e filmes para tevê, até finalmente ser notada.

Ata-me no Prime: Almodóvar nunca é demais
Jason Momoa, o Aquaman, em filme alternativo na Netflix

Mesmo assim, a atriz já tem uma filmografia a ser considerada. E alguns dos filmes em que ela aparece estão disponíveis em plataformas como Netflix, Prime Vídeo e Looke. Confira aqui onde assistir a cinco desses filmes em streaming.

O Castelo de Vidro (2017)
Neste drama, baseado em best-seller de Jeannette Walls, Brie interpreta jovem de família pobre, nômade e um tanto desequilibrada. Destin Daniel Cretton dirige. Com Naomi Watts e Woody Harrelson. Disponível no Prime Vídeo.

O Quarto de Jack (2015)
O filme que deu o Oscar de melhor atriz a Brie Larson. Drama pesado sobre mulher que viveu confinada em um quarto, sendo estuprada frequentemente. Ela fica grávida e quando o filho faz cinco anos resolve fugir. Disponível na Netflix.

O Apostador (2014)
A atriz está acompanhada por Mark Wahlberg, Jessica Lange e John Goodman neste thriller sobre professor de literatura viciado em apostas, que começa a correr risco quando se envolve com gângsteres. Disponível na Netflix.

Os Segredos de Tanner Hall (2009)
A história três estudantes de um internato na Nova Inglaterra que enfrentam dificuldades com o início da vida adulta e a chegada de uma nova colega. Brie vive uma delas, as outras são interpretadas por Rooney Mara e Amy Ferguson. Disponível na Netflix e no Prime.

De Pernas Pro Ar (2009)
Nesta comédia, Brie Larson é uma das integrantes da família do personagem de Danny DeVito, um senhor que resolve tomar medidas drásticas para expulsar os filhos preguiçosos de casa e desfrutar de sua aposentadoria. Disponível no Looke.

Continue lendo

Filmes

Ata-me no Prime: Almodóvar nunca é demais

Filme de 1989 traz Antonio Banderas e Victoria Abril em uma trama mirabolante típica do diretor

Planeta Flix

Publicado

em

Foto: Divulgação

Pedro Almodóvar estreia neste mês na Espanha seu filme mais recente, Dor e Glória. Enquanto não chega por aqui, vale rever Ata-me, que estreou no Prime Vídeo, porque filme de Almodóvar (pelo menos a maioria) é isso mesmo: a gente vê e tempos depois vê de novo e sempre descobre um motivo a mais para gostar.

Ainda mais quando o longa traz Antonio Banderas e Victoria Abril na flor da idade, numa trama temperadíssima pelo humor e pela particular visão do amor e do sexo do cineasta espanhol. É o caso de Ata-me, que foi lançado há exatos 30 anos mas mantém a graça e o frescor.

No filme Banderas é Ricky, rapaz que sai de um reformatório psiquiátrico e acaba vai para direto à procura de Marina Osorio (Victoria Abril), ex-atriz pornô, viciada em heroína. Ele a encontra num set onde ela roda um filme de terror e, na sequência, invade a casa da atriz e resolve amarrá-la, até que ela aceite ser sua esposa.

No mirabolante e surpreendente desenrolar da história, passam atores vistos em outros filmes de Pedro Almodóvar trabalhou como Loles León, Maria Barranco, Rossy de Palma, Julieta Serrano e Francisco Rabal.

 

Continue lendo

Mais lidas

Copyright © 2018 PlanetaFlix - Um mundo inteiro para você curtir a partir do seu sofá. contato@planetaflix.com.br

error: Conteúdo protegido!